CID10 Emocionado

O sangue pinga

No ralo do banheiro, em cima da pia

E na hora de escovar os dentes

 

A faca desaparece sutilmente da cozinha

E conhece o sabor da carne humana

Fresca

 

As unhadas vem, são de gatos sim

Cortando as unhas em formato de garra – porque é moda

E casquinhas apodrecidas

 

O sangue é vermelho como a bandeira

Como o cabelo

E os lábios em dias felizes

 

Eles não perceberam as cicatrizes

Estrategicamente escondidas

Como em um mapa-astral

 

O sobretudo e o lenço são retirados da gaveta em

Uma noite quente

Gripe?

Olha a cara, de doente mesmo.

Vai descansar, tomar um chazinho

 

O sangue pinga.

 

Papai.

Em uma briga, meu pai disse que eu dividia as felicidades com os amigos e as tristezas com ele e minha mãe, que isso era injusto com a família.

Gritei para ele uma vez: Eu só tenho tristezas na minha vida!

E na segunda vez: Não tenho amigos!